terça-feira, 29 de setembro de 2009

Características Gerais

Locomoção :Image Hosted by ImageShack.us

Os mamíferos normalmente deslocam-se com o auxílio dos seus membros .


Sistema Esquelético :


Os mamíferos possuem um esqueleto desenvolvido composto por:
1) Crânio — protege o cérebro e pode ter um volume muito grande;
2) Coluna vertebral — eixo formado por peças articuladas chamadas vértebras, que protege a medula espinhal;
3) Costelas — formam a caixa torácica que protege os pulmões e o coração;
4) Ossos — formam as duas extremidades anteriores e as duas posteriores. Tais extremidades podem estar adaptadas a várias funções, como correr, cavar, voar ou nadar.

Sistema Digestivo :

Na boca, além da língua, há diferentes tipos de dentes (incisivos, caninos, pré-molares e molares). O estômago é simples, pórem nos ruminantes possui quatro câmaras (pança, barrete, folhoso e coagulador). Só os monotremos possuem cloaca; os demais possuem ânus anexos do sistema digestivo: fígado, pâncreas e glândulas salivares.Os ruminantes apresentam um estômago denominado polig strico, isto é, com 4 câmaras separadas. O trajeto do alimento inicia-se na boca onde é mastigado e misturado com saliva; após a deglutição, desce pelo esôfago e dirige-se à primeira câmara, o rúmem ou pança. Em seguida, vai para o retículo ou barrete, onde é transformado em bolinhas que serão regurgitadas. Após a ruminação, o alimento é novamente deglutido, dirigindo-se, agora ao omaso ou folhoso, onde ocorre a absorção de água. Em seguida, vai para o único compartilhamento semelhante ao dos outros mamíferos, o abomaso ou coagulador. Saindo do estômago, o bolo alimentar agora segue um trajeto igual ao dos demais mamíferos. São ruminantes: boi, girafa, camelo, lhama, veado, etc.



Sistema Circulatório :
Nos mamíferos, a circulação do sangue percorre um duplo circuito. No primeiro, entre o coração e os pulmões, o sangue é oxigenado. No segundo, entre o coração e os tecidos, o sangue perde paulatinamente o oxigênio. O coração está dividido em quatro cavidades: dois átrios e dois ventrículos. Desta forma, o sangue oxigenado não se mistura com o sangue rico em gás carbônico, o que aumenta o rendimento do animal. Os mamíferos são homeotermos (podem manter sua temperatura constante independentemente do meio externo no qual se encontram).




Sistema Respiratório :

Respiração pulmonar (pulmões com alvéolos); laringe com cordas vocais (exceto nas girafas); diafragma separando os pulmões e o coração da cavidade abdominal, sendo o principal músculo dos movimentos respiratórios.



• Sistena Excretor :

São urotélicos, ou seja, excretam principalmente uréia através dos rins metanefros, os ureteres desembocam na bexiga urinária, da qual sai a uretra, que conduz os produtos de excreção (principalmente a uréia) ao exterior, em geral, por uma abertura independente do aparelho digestivo.

Reprodução :

Os mamíferos têm reprodução sexuada. Os machos possuem um órgão copulador que lhes permitem introduzir os espermatozóides no corpo da fêmea. São vivíparos: uma vez fecundado, o óvulo se transforma num embrião que se desenvolve dentro da mãe. Desta forma, a mãe pode dar ao filhote o alimento e o oxigênio necessários para seu desenvolvimento e, ao mesmo tempo, recolher o dióxido de carbono e os produtos residuais para expulsá-los.
O viviparismo é possível porque a mãe e o filhote estão ligados pela placenta. A placenta é um órgão que liga o sangue materno com o do filhote.


Orgãos dos sentidos :

É conhecimento da Ciência que os animais pressentem o perigo e procuram um lugar seguro antes de uma tempestade, por exemplo. O olfato dos mamíferos é muito desenvolvido. Ele é utilizado para procurar alimento, identificar outros organismos e reconhecer o sexo oposto. Os machos de algumas espécies podem perceber o odor de uma fêmea a vários quilômetros. A visão dos mamíferos não é tão desenvolvida quanto a das aves. Outros sentidos dos mamíferos: paladar, tato, audição.

Sistema Nervoso :

O cérebro dos mamíferos possui muitas circunvoluções ou dobras, que aumentam a superfície do órgão e o número de células nervosas. Por esta razão, os mamíferos desenvolveram um comportamento complexo, que pode ser percebido em atitudes como as estratégias de caça, o cuidado com os filhotes, a adaptação a qualquer ambiente e os diferentes sistemas de comunicação estabelecidos entre os indivíduos da mesma espécie.

13 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. po gente vc(dono desse site) tem q fazer oq agente pede . olha so eu pidi q vcs me dessem as caracteristicas exclusivas dos mamiferos e vcs nem se qr me derao o q eu pide eu quero dizer com isso e q vcs tentem melhorar o seu site por ele ta ruim . nao da esxclusivamente o q agente pede
    ass: assinante do google

    ResponderExcluir
  3. larissa querida, isso não é um site, é um blog =D
    e não acha que estás a exigir demais não?
    bom, essa postagem me foi muito útil, o blog é ótimo.

    ResponderExcluir
  4. eu gostei tambem, bem interessante. Larissa, tu deve ser doente né?
    Se quer exigir faz um blog pra vc!

    ResponderExcluir
  5. Larissa, este blog aqui praticamente fez todo o meu trabalho, se você quer algo mais complexo procure em outros, simples, ninguém é obrigado a atender seus pedidos. E outra coisa, aprenda a escrever !

    ResponderExcluir
  6. Nos nao devemos esperar mto de uma pessoa no qual o portugues nao sabe usar. Entao dexa ela falar asnera aii. Mto bom o blog, leva um joinha aii *-*

    ResponderExcluir
  7. me ajudou muito , muito obrigado!!!

    ResponderExcluir
  8. vlw mesmo, ajudou no meu trabalho sobre mamiferos , esta mto definido a sua resposta.
    botou as caracteristicas gerais ficou mto bom =D

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. eu preciso do nome do autor para utilizar coomo referencia no meu trabalho, seria possivel?

    ResponderExcluir